Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Um lugar na web para encontrar mapas mentais de direito gratuitos para concursos públicos

Mapas mentais são resumos perfeitos para memorizar conteúdos com eficiência e qualidade, esses benefícios tornam esse esquema gráfico uma peça indispensável para estudantes em todo o mundo.

Aqui no site, disponibilizamos mapas mentais de direito para concursos públicos das mais diferentes matérias. Abaixo você pode acessá-los. Clique em qualquer dos botões e seja direcionado para a respectiva categoria.

Garoto estuda os princípios expressos da administração
Princípios expressos da administração pública

Como se sabe, sempre que estudamos Direito, temos que começar pelos princípios… E no direito administrativo não é diferente. A

Poder vinculado_regras
Poder Vinculado

Poder vinculado é um instrumento da administração pública que vincula o ato administrativo ao mandamento instituído em lei. Como os

Princípio da anterioridade nonagesimal - imagem
Princípio da anterioridade nonagesimal

O princípio da anterioridade nonagesimal (também conhecido como mitigado, privilegiado, qualificado) é uma garantia constitucional do contribuinte que proíbe o

O princípio da legalidade tributária
O princípio da legalidade tributária

No título VI da Constituição Federal é possível identificar uma parte exclusivamente dedicada ao direito tributário. Na seção II deste

Mapas mentais são ferramentas perfeitas para memorizar conteúdos com eficiência e qualidade.

Esses benefícios tornam esse instrumento, uma peça indispensável para estudantes em todo o mundo.

Por esse motivo, são amplamente utilizados para a preparação de estudantes em vestibulares, concursos públicos, além da graduação, pós, mestrado e doutorado, o que torna uma ferramenta de resumo indispensável para estudantes em qualquer fase da sua vida acadêmica.

Os benefícios desta técnica vão muito além da simples memorização de conteúdo, os mapas mentais são verdadeiros instrumentos para aprender, desenvolver a criatividade aumentar a produtividade, a competência, além de melhorar habilidades artísticas e espaciais, desenvolvendo os dois lados do cérebro.

O que são mapas mentais?

Mapas mentais (ou mapas da mente) são diagramas criados por Tony Buzan para organização de informações, solução de problemas, memorização e aprendizado de conteúdos, além de também ser utilizado para brainstorming e gestão de projetos pessoais.

Essa técnica é poderosa, pois na sua construção, você utiliza os dois lados do cérebro para criar um diagrama como instrumento que facilita a sua memorização e ajuda a destravar o processo criativo.

O mapa mental foi criado pelo Inglês Tony Buzan, conhecido mundialmente por ser especialista em memória, velocidade de leitura, criatividade e inovação. Com base no conhecimento adquirido em sua vida e analisando a forma de organizar disciplinas de pessoas consideradas “gênios” em vários lugares do mundo que foi criada essa técnica.

Portanto, o mapa mental é uma ferramenta que:

  • armazena;
  • organiza;
  • estrutura;
  • prioriza as informações.

Tudo isso através do uso de imagens e palavras-chave que estimulam novas reflexões e ideias sobre o tema abordado.

Tony Buzan em seu livro denominado “The Mind Map Book”, afirma que o segredo da eficiência dos mapas mentais está na sua estruturação, ou seja, a forma como ele é organizado, visto que, o mapa mental na criação de Buzan, é desenhado em forma de neurônio (essa estrutura é levada inclusive para a construção de mapas mentais de direito).

Benefícios da utilização dos mapas mentais

Os mapas da mente ajudam você em vários fatores na vida, entre alguns dele, podemos citar:

  • + Tempo: a forma que fazemos anotações, seja em uma reunião de trabalho, seja na aula da faculdade, exige de nós muito tempo. Quem utiliza a técnica ganha mais tempo na hora de fazer anotações e também nas revisões. O método de anotação de mapa mental te dá a oportunidade de guardar somente aquilo que realmente interessa e nenhum detalhe fica de fora, basta associar cada ramo de forma correta para uma perfeita associação.
  • + Criatividade: Ao analisar a situação como um todo após ser esquematizada em um mapa mental, você terá mais ideias para a resolução do problema e uma clara solução virá quando você mais precisa.

Como fazer um mapas mentais de direito para provas e concursos públicos?

Na realidade, colocar em prática a técnica do meu mapa mental é bem simples, você só precisa saber quais elementos são essenciais para um mapa mental completo e utilizar todos eles, assim, você terá sucesso na sua execução e ele atingirá o objetivo proposto.

Os 4 requisitos de um mapa mental perfeito

Com base nas técnicas de Tony Buzan, vamos explicar detalhadamente os quatro pilares para fazer mapas mentais, vejamos:

Destaque as informações mais importantes

Nesse primeiro elemento, trabalharemos com a psicologia do aprendizado, utilizando os dois lados do cérebro para fortalecer a memorização do conteúdo.

  • Trabalhe com uma imagem central (foco);
  • Use cores;
  • Perspectiva e movimento nas imagens e palavras;
  • Variações nos tamanhos das letras;
  • Espaçamento adequado.

Utilize associações

Em seguida, você deverá atentar-se para a associação de informações, outro elemento fundamental para que alcancemos o proposto, que é a memorização. Para isso vamos utilizar dos seguintes elementos:

  • abuse de setas (⇦, ↖, ↴, ⇒);
  • use cores;
  • use códigos ($, #, @, &).

Clareza e objetividade são fundamentais!

Nessa etapa, buscaremos organizar as informações de forma clara e objetiva, evitando a poluição visual do material, para tanto, você pode seguir algumas regras:

  • utilize palavras-chave;
  • escreva as palavras em letra de forma;
  • conecte as ramificações maiores com a imagem central;
  • conecte linhas com outras linhas;
  • mantenha as letras retas.
  • mantenha o papel horizontalmente a sua frente.

Use desenhos

utilização de desenhos é indispensável, assim trabalharemos com os dois hemisférios do cérebro, visando principalmente a memorização.

  • De preferência faça seus próprios desenhos;
  • Tente colocá-los em posições centrais utilizando-os para explicar a matéria.

Olá

Poderia nos ajudar?

Precisamos fortalecer nosso canal no YouTube. Você poderia se inscrever lá?

É só clicar no botão abaixo ⇩

A ideia ainda é nova, mas a qualquer momento novos vídeos vão surgir :)

Muito obrigado.